Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

NATAL #2

Rita, 12.12.04
Ainda a propósito da solidariedade. Noutro dia, numa reunião da associação de pais da escola primária, discutiam-se, com o obbjectivo de se constituirem alguns cabazes de Natal para as famílias mais carenciadas da escola, as opções:

- pedir às crianças que trouxessem um brinquedo ou género alimentar;

- fazer uma colecta monetária, em cada turma.



Independentemente da segunda opção ter sido a mais votada e estar a ser posta em prática, não consigo concordar. Optou-se pela solução mais fácil. A recolha de bens exigiria uma gestão minuciosa, para a qual já não há sequer tempo. Acontece que, nesta altura do ano, são tantas as solicitações monetárias que o espírito de Natal se resume a contas. Dos presentes (por simbólicos que sejam) às idas ao circo, passando pelos fatos para as festas da escola e do infantário, ao dinheiro para o autocarro para a visita nem-se-bem-onde, mais as viagens a que estamos familiarmente obrigados, para nós, a soma é astronómica.



Este ano, a escola optou por gerir o tempo de Natal com apelos à partilha e solidariedade. Será a recolha monetária a melhor forma de o fazer?
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5