Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

...

Rita, 27.02.04
Hoje é sexta-feira e a partir de agora, as sextas-feiras vão ser ainda melhores porque passa a ser o dia em que o pai chega de Lisboa.

A semana não foi fácil. Tive que me adaptar de novo à rotina de estar sózinha com as crianças, a Carminho esteve doente e a minha preciosa ajuda para tratar das roupas não pôde vir ajudar-me (fica aqui um beijinho para ela).



A Carminho já está a ficar melhor. Esta nova terapêutica (ventilan na bombinha) tem-se mostrado eficaz mas é horrível de aplicar. Eu não gosto e ela também não. Apesar das melhoras, continua a não querer o leite no biberão e estou tentada a dar-lhe iogurte ao lanche. Vamos ver como corre hoje. Ri-se muito, mesmo para pessoas que não conhece, desde que engrace com elas. Caso contrário, berra.



A Nênê deve ter feito um pacto com ela prória do género: "Bora ver até onde chega a paciência da mãe?"

Mas a paciência da mãe não tem, apesar dos esforços, chegado para muito.

Foi por causa da Inês, e do seu feitio especial, que reli esta semana um artigo sobre "crianças índigo" publicado na Pais & Filhos do mês passado. A primeira vez que li, confeso que aquela ideia de auras, novas eras e afins me deixou a pensar: "tretas....". Reli. Gostei mais. Talvez a Inês se enquadre nalgum daqueles quadros.



Esta semana, a Maria ganha o prémio "eu falo pelos cotovelos". Muito conversa esta miúda. Está crescida e é uma companheirona.

De entre os diálogos dos ultimos dias, este é lindo:

- Ó mãe, sabes... o Alexandre é intelectual!

- É o quê!???

- Intelectual!

- E tu sabes o que é ser intelectual?

- É saber muitas coisas.

- Ah!... E ele sabe muitas coisas?

- Sabe!

- E que coisas? Sabe coisas sobre dinossauros, ou sobre o espaço, ou assim?

- Não mãe. Sabe é coisas sobre surf.

- Surf?!

...

Ontem teve a visita de três ex-colegas que se mudaram para outras paragens - os gémeos Tote e Lécio e a amiga Catarina.



Apesar da semana atribulada, a mãe não está particularmente cansada. Mas precisava de um tempinho para mim. Lá isso, precisava!



E o pai deve estar quase a chegar com as novidades da capital!
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5