Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

DELETE

Rita, 16.11.04
Hoje, o que mais queria, era apagar da minha memória a manhã lá de casa. Houve gritos, choros, birras, palmadas e muito stress. Houve uma mãe à beira de um ataque de nervos, esta mãe, que anda cansada. Houve um pai que nunca se irrita, que nunca perde a calma e a quem hoje vi fugir essa paz que só ele sabe transmitir.

Os motivos forma todos e nenhum. Não há nunca motivos para estes momentos. Dava tudo para não ter que os viver. Mas há alturas em que a paciência nos foge entre as teimosias das miúdas.

Agora, o que mais queria, já que não posso fazer delete à minha memória, era estar com as minhas filhas e com o pai delas, na praia, a olhar para o mar.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5