Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

12 a 22

Rita, 30.12.11

Tem doze anos há uma semana e um dia. É linda de morrer, desarrumada que mete dó, esperta que nem um alho, diz que não gosta de ler - fase parva - passa horas, seriam dias se eu deixasse, no FB e msn, lugares onde ama de paixão todas as amigas, que aquele coração não tem tamanho. Continua pouco faladora e precisa de aprender a deitar fora as raivas, as alegrias e as tristezas. Disse-nos um amigo homeopata que tem as angústias concentradas nos pés. A meio de Novembro fraturou a membrana interna do calcanhar e foi aí que lhe percebi na angustia a enorme paixão pelo ballet

(dança maravilhosamente)

Eu sou uma pessoa perspicaz e não leio a minha filha. Isso perturba-me. Ela, às vezes, perturba-me. É, dos quatro, a que mais "mexe comigo". Eu, a espalha-brasas-palavras-e-emoções. Ela, o bloco de gelo silencioso que vou ter que aprender a derreter.

(aqui quentinha, em fim de verão)

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

5 comentários

Comentar post