Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Olá, eu sou a Maria e hoje faço treze anos

Rita, 17.10.11

Chegou há dias de duas semanas em Itália. Foi com amigos e professores, através de um projeto da escola.

Custaram-me tanto aqueles dias que até me nasceram, pela primeira vez, cabelos brancos. Eram só 2 ou 3 e arranquei-os no dia em que ela chegou, cansada, mas tão feliz, vestida com uma camisola azul com um enorme    I ♥ Roma.

Nessa mesma noite vi com ela 1936 fotografias. Escolhi esta:

 

(Eu, aos doze anos, brincava com bonecas e o mais longe que tinha ido era Ayamonte)

Continuo sem saber como aguenta o ritmo escola-ballet-música-amigas-etc. Este ano, pela primeira vez, propusemos-lhe que desistisse de alguma atividade extra. Chorou baba e ranho, que não podia escolher, que a vida era era uma injustiça, e outros devaneios de adolescente. Cá continuamos, sempre a correr dum lado para o outro.

(aqui, a poucas horas de um espetáculo de dança)

No tempo que sobra, odeio tricot e essas coisas, mãe (mas noutro dia apanhei-a a fazer pulseiras). O que mais gosta é de ver televisão. Aborrece-me que veja novelas mas enfim, não se pode ter tudo.

Já passou a fase em que lhe sobra tempo nas férias. A mim parece-me que é por ter pouco tempo livre durante o resto do ano. Merece tanto este ar feliz e a cor saudável que até me arrepio a olhar para esta imagem:

Treze anos hoje. Tre-ze.

A única coisa que quer é ir ao cinema e jantar com as amigas no fim de semana.

Chicorita, querida!

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/3