Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Reaproveitar

03.02.11

De duas camisolas, uma muito usada e gasta, outra de que ninguém gostava, fiz, primeiro, uma manta para o bebé da Carmo.

Tal era a pressa, não fotografei o antes mas faz de conta que estão aqui uma camisola verde lisa e uma branca com torcidos.

Das costas da camisola verde cortei um rectângulo que chuleei na máquina; depois, num insatante, fiz o picot. No total devo ter demorado uns 45 minutos que renderam um enorme sorriso. Sei que estes mimos são o caminho para a adoçar (é uma miúda de reações bruscas e às vezes corta-me o coração a apatia/pouca delicadeza - depende dos dias, com que me encontra à saida da escola).

 Das mangas cortadas, estas caneleiras:

 

 Mais difícil foi trabalhar a camisola branca (por ser muito grossa, não consegui costurar sempre na máquina).

O rebordo e os botões são os restos da camisola verde  Happy/Smile; a fita foi comprada.

 

 

 Das mangas, outras caneleiras:

Vou vender a carteira e as caneleiras brancas na loja.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

2 comentários

Comentar post