Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Quinze minutos

Rita, 31.01.11

Para fazer render o pouco tempo, há dias em que venho para casa mais cedo, de autocarro. Às segundas venho sempre, e a Maria vem comigo. É o único dia em que não tem actividades fora da escola.

Da paragem até casa são 15 minutos a pé, só nossos, de conversas sem barulho de fundo, a andar pelo meio de hortas e sem nos cruzarmos com vivalma.

Hoje estava muito frio e quase não falámos para não nos entrar o ar gelado pela boca. Em casa deu-me um enorme abraço e contou-me coisas entaladas, das que não se podem partilhar aqui.

De mim, sai (hoje, pelo menos) uma enorme borrifadela nas teorias das relações mãe-filha.

......................................................

Mas agora, com licença, que vou ali a cima dar-lhe dois berros para falar mais baixo.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

1 comentário

Comentar post