Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

A persistência do clique

Rita, 25.06.10

Obrigada pelas dezenas de e-mails e sms´s, pela persistência no clique, pela preocupação.

A vida é fora do teclado, e agora, que os dias são maiores, é ainda mais lá fora. É bom ter uma casa com jardim e é bom que seja Verão se bem que por mim podia estar sempre frio e ser inverno. Fui aprendendo a suportar os dias grandes e o calor depois de ter filhos - eles são mais felizes quando podem andar descalços na relva molhada.

A minha cozinha tem uma janela grande e nos fins de tarde vejo-os brincar enquanto me desfaço lentamente em puré para empadão. Este cansaço não me verga. Porque tenho um interruptor avariado e sempre no on? E quando me apetece desistir? Isso é vergar? Não. Porque me apetece mas não deixo - lembro-me que aquele minuto nunca mais será outra vez minuto e sigo. É assim que somos felizes, a ir em frente, mesmo que às vezes cante para fora e chore para dentro, porque os minutos já passaram e estes também estão a passar. Mas rio muito mais. Aliás, A pergunta deixou de ser "como é que consegues" para a recorrente "Explica-me como é que andas sempre tão bem disposta?".

 

O trabalho suga-me horas e horas, as últimas semanas das aulas delas levaram-me o resto das energias e esta primeira semana sem escolas tem sido quase uma ressaca. Quase me apetecem tpc´s e testes.

É duro resistir a um lectivo de três crianças em idade escolar, sem atl, a trabalhar quase sempre mais do que oito horas por dia e com uma empregada que cá vem uma tarde por semana. E o ballet, a piscina e a música, um rapazinho no auge dos dois anos - as birras, o cóio mãii, cóio, o verbo asneira constante, o desafio de aprender a lidar com coisas de rapazes - o meu filho conhece as marcas dos carros e passa o dia a fazer vruuum! pi-pi! Atira com as coisas, atira-se ao chão, atira-me nãos a torto e a direito. Quero um bebé, já!

Não sou uma super-mulher mas tenho uns super-filhos e um bom marido. E é isto, somos uma equipa e apuramo-nos todos os dias. Viva nós.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2