Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Frequência respiratória*

06.10.09

 A vida parece começar a voltar ao normal. O miúdo tem as pilhas recarregadas e passar dias inteiros enfiado em casa não tem sido nada bom para a minha esgotada paciência. Salvam-nos do quase tédio e do ar abafado de casa as idas diárias ao hospital onde continua a lançar charme e boa disposição mesmo quando lhe espetam no cateter mais uma longa dose de antibiótico. 

As Marias destilam boa disposição mas andaram tristes e desorientadas durante os dias em que não estive. Senti-lhes tanta tristeza que era de cortar o coração. Depois regressámos a casa e fui só com elas jantar hamburguers. Portaram-se um bocado mal mas eu também não me portei lá muito bem. Estava stressada dos dias de internamento, cansada, preocupada e rabugenta. No dia seguinte as coisas melhoraram, depois foi fim-de-semana e hoje até deixei que as mais velhas esticassem a hora de deitar.

 

 

* e outros termos médicos que fui aprendendo nos últimos dias.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

10 comentários

Comentar post