Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

1234

17.01.09

Com três, havia a mais velha, a do meio e a mais nova.

Com quatro, há a mais velha e o mais novo. Referir-me às outras duas de forma não nominal é confuso. Se estou a falar com alguém que não os conhece, não me refiro aos meus filhos usando-lhes o nome. Não que isso não seja prática comum. Aliás, é capaz de ser mesmo uma tradição - ai o meu luisinho, com a idade do seu, já se punha em pé!

Portanto, referir-me às miúdas do meio atrapalha-me as ideias - a segunda/terceira (a contar de onde?), a que nasceu em 99/2003? A que tem franja? A da cabeleira farta?

Vou numerá-los como aos bezerros. Aliás, eu continuo de chocalho e às manchas.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

8 comentários

Comentar post