Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

uma de cada vez

Rita, 05.11.08

Tosse, dor de garganta, ranho invisível mas que está lá colado dentro do nariz.

Ou

Uma grande crise de maezite.

Ficou comigo o dia todo e portou-se bem. Lanchámos juntas de mesa posta.

(Até ajudou com o bebé enquanto bebi café ou estendi a roupa)

 

Devia poder fazer isto com as outras Marias. Passar assim um dia (sem estarem doentes, que é quando ficam em casa) sem horários nem obrigações. E sem ter que partilhar cada uma delas com o resto de nós todos.

 

Desde que o Sebastião nasceu que sinto que falta a cada uma delas espaço/tempo só comigo ou só com o pai. Já para não dizer comigo E com o pai.

Não que seja uma desvantagem pelo facto de sermos muitos. É apenas uma consequência.

(E nem me atrevo a pedir tempo só meu. Isso seria um luxo).

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

6 comentários

Comentar post