Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Depois dos ciúmes

14.09.08

 

Eu, quando for grande, quero ser mãe. Mas não quero ter filhos.

 

(Carmo, 5 anos acabadinhos de fazer)

 

Ao sétimo dia de gastroenterite, levei-a comigo ao centro de saúde. Era o dia da minha consulta pós-parto e, farta de tanta recusa alimentar e assustada com a perda de peso, pedi à médica para a ver.

 

(Gosto da nossa médica de família)

 

Depois do pesar-medir-e-tem que ter paciência que estas coisas duram muitos dias, a médica pediu para falar a sós com ela. Depois veio sussurrar-me que suspeitava que metade da recusa em comer se chamava Sebastião. De tanto nos ver desesperados, aproveitou-se da situação para chamar a atenção.

 

Não sei do que falaram mas melhorou a olhos vistos.

Agora está como nova. Aliás, agora come desalmadamente. E pede-me as fraldas do miúdo para pôr nos nenucos.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

7 comentários

Comentar post