Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

óó

Rita, 28.05.08

A máquina de costura está cheia de cotão e quase entupida com restos de linha.

Tenho costurado mais do que o resto e até tenho saudades de tricotar. Nunca conseguirei ter em dia a minha to-do-wish-list mas os seis meses de licença que se aproximam vão-me saber que nem ginjas. Os bebés pequeninos dão pouco trabalho e escusam de me desmentir. Trabalho dão as Marias mais velhas em fim de ano lectivo: ó mãe tou tão nervosa com as provas ó mãe amanhã tenho ensaio de piano ó mãe no sábado não posso ir à festa da catequese porque tenho ballet ó mãe não sei fazer esta conta ó mãe o que é a litosfera ó mãe amanhã tenho que levar as saias compridas todas que há cá em casa ó mãe o teste correu-me tão mal ó mãe só saio às oito e meia da piscina porque vamos ter treinos de captação ó mãe podes-me vir buscar ó mãe leva-me ó mãe tenho fome ó mãe tenho sono ó mãe qual é o nome científico dos cavalos marinhos

 

HIPPOCAMPUS E SÃO OS MACHOS QUE TRANSPORTAM AS CRIAS NA BARRIGA - tenho que gritar de vez em quando. De vez em muito.

 

Entretanto, dizia eu que tenho costurado.

Há um saco novo na loja. E o tecido é lindo de morrer.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2