Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Um livro de vez em quando - que a minha vida não dá para mais

30.04.08

Fazer uma fogueira?

Usar uma tabela de marés?

Vestir um Sari?

Assobiar com dois dedos?

  

Não sei como sobrevivi trinta e seis anos sem saber remar uma canoa ou sem saber fazer a saudação ao sol. Nem o facto de ter andado nos escuteiros me ensinou o que este livro me tem feito descobrir.

Confesso que sou eu quem maior partido tem tirado do maravilhoso Livro Audacioso para Raparigas. (Uma das miúdas recebeu-o de presente no Natal e eu não descansei enquanto não o li. Todo.)

 

O livro é engraçado, as ilustrações são  deliciosamente quitch  mas há aqui um não-sei-quê de mocidade portuguesa misturado com sutiãs queimados. O que nem sempre será mau. A parte dedicada aos rapazes é de chorar a rir: "... a verdade é que não existe nenhum grande mistério no que toca aos rapazes. Os rapazes são pessoas..."

 

Vá meninas, é tudo a a correr à procura do livro que isso de não saberem fazer anéis com caroços de pêssego é muito fora de moda.

 

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

1 comentário

Comentar post