Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Crescem, sem darmos conta

27.01.06
Não quer levar "aquele gorro" porque os miúdos do quarto ano se riem. Eu prometo um ralhete valente aos tais miúdos e sou projectada para a realidade:
- Nem penses! Era o que mais faltava, ires-me defender por causa de um gorro...
Respondo que ponha o gorro, que estão no máximo 2ºC. Acede, porque sente o frio quando sai do carro.
Mas foi ontem que a senti realmente crescida. Às quintas-feiras vejo-a pouco; chega a casa quando o jantar já está na mesa e ainda tem o banho para tomar. Conversamos à mesa.
- Então, ouviram o Cd na aula de música?
- Sim. Sabes mãe, a Isabel pensa que o Mozart morreu porque o Salieri lhe deu um copo com uma bebida envenenada!
- Quem?
- O Salieri, aquele que tinha muita inveja do Mozart.
- Não sabia. A inveja é uma coisa horrível...
- O Salieri também era compositor.
- Bolas Maria, sabes muitas coisas que eu não sei!
- Olha mãe, vou-te explicar, há mesmo muitas coisas que os miúdos sabem e que os adultos nem fazem ideia.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

6 comentários

Comentar post