Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Descaradamente copiado (e adaptado) dos "items enviados" à Pal

Rita, 04.05.06
A pergunta era:
"Como é que te organizas com os brinquedos?!"

Cestos e caixas (de plástico e de madeira, que as de cartão não valem um chavo e estragam-se num instante).
A Carmo está sozinha num quarto.
A Inês e a Maria estão juntas noutro
A minha casa tem uma cave/sala de brinquedos :)

Arrumação da coisa:
Começando por cima, pelos quartos delas:
- Basicamente a confusão é no quarto da Carmo porque há panelas e tachos e barbies e bebés e tudo o resto. Separo por caixas - aqui é a caixa das barbies - Atenção! Só das barbies. Aqui é a caixa dos bebés. Aqui é a das roupas dos bebés. Aqui legos. Aqui panelinhas e pratinhos e colheres microscópicas. Uma caixa para fantoches. Uma mesa pequena com duas cadeiras. Uma caixa de lápis e um bloco de folhas. Há uma estante com os livros e os jogos (puzzles, basicamente).
- No quarto das grandes há 2 camas, 2 secretárias, uma estante bem grande e dois "baldes" de tecido com brinquedos. Na idade com que estão já não ligam muito a tralhices e as que ligam estão ... na cave! No quarto têm muitos livros, carteiras, colares e pulseiras e pouco mais.

A cave não é bem cave. É uma sala grande debaixo do R/Chão mas com acesso normalíssimo por dentro de casa, escadas iguais. Lá há uma caixa com plasticinas, uma com aguarelas e panos, e outra com 3541 lápis e marcadores. Uma mesa grande. Um cantinho com jogos (das grandes, tipo pulgas na cama, 4 em linha, uma pista de carros, etc). Um cesto com bebés, um baú com fatos de princesa e, para meu desgosto, uma caixa com maquilhagens nojentas. A play-station também está na cave. O computador também. E muitas outras coisas.

Temos na cozinha um cesto com coisas (brinquedos) da Carmo e na sala, outro cesto. Nesses sítios não pode (mesmo!) haver mais brinquedos do que os que caibam nesses cestos (que são enormes). Um triciclo no quintal, onde há outra caixa plástica enorme com bolas, raquetes e afins. Bicicletas e patins na garagem (e outro triciclo e uma triotineta)

(Em quantas caixas vou?)

De 3 em 3 meses (mesmo!) - arrumo cada uma das divisões "a fundo" - despejo as caixas/cestos, arrumo os livros nas prateleiras, vejo os marcadores que não escrevem, os lápis partidos e tal.
1ª regra - coisas partidas/incompletas - lixo, sem piedade
2ª regra - coisas com que já não brincam desde a última arrumação - armário secreto*
3ª regra - mudar as coisas de sítio - ou seja, os brinquedos que estavam no cesto da sala passam para o quarto, alguns da cave vão para a sala e etc.

Uma vez por ano, em Outubro ou Novembro, encher a caixa mágica** com coisas para oferecer a instituições, deixar na igreja, sei lá

* O armário secreto é um roupeiro que está na cave e em cuja parte de cima escondo os tais brinquedos "esquecidos" para os fazer aparecer tipo seis meses depois. Também lá guardo coisas novinhas em folha que lhes oferecem mas que elas já têm e que depois servem de presente para outros miúdos. Não tenho vergonha nenhuma de fazer isto. Também lá guardo coisas que compro de vez em quando, alguma pechincha ou alguma coisa mesmo gira que depois servem de presente de última hora para a festa de Sábado quando o convite chega na sexta ou que servem, às vezes, para as subornar...

** a caixa mágica não existe fisicamente. Normalmente são uma data de caixotes de cartão mas a alegoria convence-as da importância da partilha.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2