Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Dia/Mês/Ano

11.12.07
Pode faltar-me tudo, de motivação a objectivos. Mas a uma verdadeira funcionária pública não faltará nunca uma agenda a cheirar a nova, mesmo antes do último mês do ano chegar.
Eu tenho uma agenda em cima da secretária, onde anoto tudo o que faço enquanto estou no trabalho, e outra na carteira, que me serve de memória (do passado e para o futuro).

Não contente com a entrega da nova ambar A5 um dia por página, corro ao quiosque onde me ainda há português suave azul da embalagem pequena e compro uma agenda só para mim.
Duas agendas em branco e eu quase a ter um ataque de pânico: a um mês do ano que vem, nada a assinalar, para lá das férias da escola delas e um feriado ou outro. Nem as minhas férias têm ainda data certa... Que angustia, tanta página em branco. Eu, com esta organização obcecada.
Pego nas datas de aniversário e duplico-as entre as duas agendas.
Faltam-me algumas.
Faltam-me muitas.
Pergunto. Mailo. Telefono.

Regozijo-me por me ter ainda tão resguardada. Um por cento dos inquiridos não se importou de responder por saber que
"tens mesmo a mania das agendas"...
Aos outros noventa e nove por cento tive que jurar que não ia fazer nenhum quadro em ponto cruz com datas e nomes, nem sabia fazer cartas astrais e ainda que não, no natal não ofereceria garrafas de vinho das colheitas correspondentes aos anos de nascimento.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

8 comentários

Comentar post