Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

ÀS COMPRAS

06.07.04
A pequenina a dormir. As mais crescidas de dentes lavados e pijamas vestidos. Liguei à minha mãe - Ó mãe, importas-te de ficar aqui em casa enquanto eu e o João vamos dar uma voltinha às promoções?

E lá fomos. Eu queria comprar umas calças de ganga. Eu descobri que não tenho corpo. Eu acho que o pessoal que desenha calças de ganga nunca teve filhos e não tem uma rabo um bocadinho maior que a média. E também descobri que sou completamente desporporcionada. Para estarem bem na cintura (ou seja, na anca, de tão baixo ser o gancho), ficam compridíssimas. As únicas calças giras que vi, com um modelo mais ou menos arranjadinho, tinham uma côr horrível. Não comprei calças nenhumas. Desisti. E para que fique registado, tenho 1,70 e 59 Kg. As outras são anorécticas. Só pode.

O pai queria comprar uns calções de banho. O pai é um esquisito. O pai não comprou calções de banho nenhuns porque o pai acha que ou são caros, ou parecem umas cuecas, ou são à jogador da bola, ou mais não sei o quê.

Mesmo assim conseguimos comprar umas calças para a Maria, umas calças para o pai e duas camisolas para a mãe.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5