Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Elefantinas

11.01.07
Quarenta e cinco minutos por semana não chegam para lhe injectar a disciplina de que precisa. Não chegam mas ajudam, são um princípio. Às vezes fico do lado de fora da porta e ouço-a rir muito e também ouço a voz da professora:
- Carminho! Ó Carminho...
E sinto o chão tremelicar quando à voz de comando
- Tudo a saltitar!
se ouve carabum! carabum! carabum! e um suspiro
- Uma turma de elefantas....

A Carmo gosta do ballet, começou tão pequena que quase não havia uniforme que lhe servisse. Não foi ideia minha, foi a professora que se lembrou duma baby-class e me sondou. Eu, depois dos bons resultados nas irmãs-cobais, nem hesitei e imaginei que haveriam de me domar a leoa.

Ao fim de três meses de aulas tivemos direito, os pais e as mães, a um mini-bailado de duendes desobedientes. Ganhou a Carmo, claro, não fosse isto, para ela, um jogo.

O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

2 comentários

Comentar post