Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

UM MAU MOMENTO

Rita, 05.01.05
Portátil na cozinha, a ver a novela e a descomprimir de um dia enorme.

Passar o dia em casa com uma criança de 16 meses doente, não é pêra doce.

Ainda por cima,quando a virose já chegou a mim.



Ontem, depois da minha ida ao médico (mais antibitico,uma vacina, vitaminas, um exame ao nariz), cheguei a casa da minha mãe e a Carminho não estava melhor. As diarreias eram nais do que muitas mas o que me fez voar para o hospital foi o facto dela estar arroxeada e gelada. Exames e mais exames, horas de espera. E um dos piores momentos da árdua tarefa da maternidade – análises ao sangue. A Carminho é gorducha e foi muito difícil encontrar uma veia. Picadas e mais picadas, o choro dela e o meu. No fim feliz, estava tudo bem, a hipotermia ficava assim sem explicação, a não ser uma possível reacção às cólicas. Debaixo de um cansaço extremo regressámos a casa já tarde. As manas, perdidas no meio desta confusão, já jantavam com o pai. Deitei a pequenita, embrulhei-a em mantas e camisolas e tentei jantar.

Hoje o dia amanhaceu cheio de sol, a Carminho está melhor e, não fosse a minha má disposição, o dia teria sido quase perfeito.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5