Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

PAGAR PARA RIR

07.09.04
Ela comia a sopa e eu, já nem sei porquê, sorri.

- Estás-te a rir de quê? - perguntou com ar autoritário

- Sei lá. Mas porquê, não me posso rir?

- Se te queres rir, tens que me dar dinheiro!

- Dinheiro? Agora também já pagamos para rir? Era só o que faltava...

Desarmei-a. Mas ela não se deixou vencer. Quem não tem cão, caça com gato:

- Olha, se não me deres o dinheiro vou buscar ...

Suspendeu a busca. A Maria rapidamente sugeriu:

- A marreta! Vais buscar a marreta! (A marreta já faz parte do nosso imaginário familiar)

- Não! (Não quis dar parte fraca). Vou buscar um.... Olha, vou buscar um carraço!

E dito isto, continuou a comer a sopa.

Será por estas e por outras que a Inês tem um autêntico clube de fãs na blogosfera?
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5