Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

GARGALHADAS CONTAGIANTES

Rita, 20.04.04
- Quando pego na Inês ao colo, como se fosse um saco de batatas, e finjo que a enfio no caixote do lixo. Ela grita e esperneia, a rir-se perdidamente: - Ó mãeeeeee! Nããão!



- Quando a Maria faz caretas e disparates para a Carminho e ela soluça de tanto rir.



- Quando estão com nervoso miudinho e se riem até quando lhes ralho (e me derrotam).
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5