Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

PERGUNTAS DIFÍCEIS

09.03.04
Elas combinaram. Tiraram o dia para as perguntas difíceis. Muito difíceis....



Logo de manhã, no carro, a Inês conseguiu dissipar todas as minhas preocupações matinais com uma dúvida muito filosófica:

- Quem é a mãe do sol?

- Ai Nênê.... A mãe do sol? O sol é uma estrela, não tem mãe.

- Não tem mãe? Porquê? Já morreu?

- Não. Não tem mãe porque não tem. É assim.

- Isso não é resposta!

- Pois não; mas eu não tenho outra resposta.



E não se tendo dado por satisfeita com este argumento, rematou:

- Porque é que a Carminho já não mama leitinho teu?

- Porque o meu leitinho já acabou....(com muita pena minha)

- Então porque é que não vais ao médico para ele pôr mais nas tuas maminhas?

- Ai ai..... Porque não. Porque o leite aparece nas maminhas. Não é ninguém que o põe lá.

- Porquê?

- Porque o corpo humano é assim e pronto.

- E eu também vou ter leitinho?

- Sim, quando tiveres bébés, vais.



A Maria, que até ía caladinha, "acordou" de repente e disse:

- A papa que a Carminho como, se não é Cerelac, é o quê?

- É outra papa, própria para bébés pequeninos - disse eu

E a Inês - Não! A Carminho como papa com beijinhos, não é mãe?

- Claro. É isso mesmo, papa com beijinhos.

Continuou - E os beijinhos estão numa caixa?

- Numa caixa?!



(Ainda bem que entretanto chegámos à escola!)



Como se ainda não bastasse (elas estão tolinhas, de certeza) estava eu atarefada ao fim da tarde, entre banhos e jantares, quando a Maria, com um ar de menina de colégio, dispara:

- Ó mãe, como é que apareceu o mar?

- Sei lá. Acho que houve uma explosão.... Mas porque é que não telefonas ao pai?

Não telefonou mas eu encarreguei-me de o fazer.

- O pai diz que começou a chover, choveu muito e encheu o mar.

- O pai estava a gozar, não estava?

- Não sei.



À noite, no fim da história, a questão também não foi fácil:

- O que é "arrependimento"?

- É quando nós fazemos uma coisa e depois achamos que não devíamos ter feito

- Ah! É como eu dar um pontapé à Inês e a seguir pedir desculpa?

- Mais ou menos.... Vá. Tudo a dormir.



Ufff.... Se alguém tiver respostas mais aconchegantes para estas ou outras questões, é favor "comentar".
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5