Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

Juramento quebrado

Rita, 23.10.06
Durante a tarde de Sábado eu achei que estava num limbo. Tinha dezenas de miúdas histéricas armadas em floribellas e doces e meia dúzia de garotos, quais gatos pingados, a atirarem bolas para os quintais dos vizinhos. Num momento, aí pelas seis da tarde, havia murros e os pontapés e miúdas a esgatanharem a meia duzia. Socorri-me do papel de cenário e mantive-os a quase quietos durante cinco minutos. Depois tranquei-os na garagem.

Pela noite dentro tricotei um gorro para espairecer. A dor de cabeça não me passou. Ainda dura e doem-me as pernas.

Tenho o frigorífico cheio de restos. O gorro está na loja. A Maria estava tão feliz.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

6 comentários

Comentar post