Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe-Galinha

entrada

Rita, 16.02.07


Parece-me que não haveria outra fantasia que lhe assentasse tão bem.
A Inês é um canguru e dá saltos que vão do riso farto às lágrimas fáceis. É um canguru fôfo e tem uma bolsa e leva-me sempre nela. Eu sou a mãe mas vou sempre na bolsa da minha filha, que eu sei.
Ontem olhei-a despida e vi que ela tem corpo de canguru e poses de canguru. Por isso não me importei de ter ficado noites seguidas a picar os dedos em agulhas, nem sequer de ter deslocado um polegar, só para ter uma pele que lhe asssentasse e que a fizesse dar saltos de alegria.

(nota técnica - rabo "colado" com velcro, que a criança tem que se poder sentar. Orelhas de cartão. Babygrow baratucho, tamanho 7 anos, forrado com tecido castanho)
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5

1 comentário

Comentar post