Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe-Galinha

MENHÃ-MENHÃ

15.03.05
Nunca tal nos tinha contecido. Quando aprendem a dormir a noite toda, está aprendido e pronto. Com a Carminho não tem sido bem assim. Desde cedo que dormiu bem de noite. Muitas horas, nada de birras ao deitar e, se bem que de vez em quando choramingasse de noite, nada que nos atormentasse o descanso. Há un tempos, apanhou o gosto de se enfiar na nossa cama. Supus que tivesse frio e fui permitindo as incursões. Agora, além da mudança de cama, quer comer às mais disparatadas horas.
- Menhã-menhã, menhã-menhã, menhã-menhã... e aponta para cima da cómoda do nosso quarto, onde, nas manhãs de fim-de-semana, está um biberão prontinho a beber.
Não sendo o caso de ser Sábado ou Domingo, não há biberão na cómoda e vai então o pai, escada a baixo, buscar-lhe o repasto, que não há quem a cale se não comer.
Hoje eram três da manhã.
O nome e os conteúdos deste blogue estão protegidos por direitos de autor.
© Rita Quintela
IBSN 7-435-23517-5